PREFEITURA DE ILHA GRANDE-PI

PREFEITURA DE ILHA GRANDE-PI
GOVERNO " VALORIZANDO NOSSAS RIQUEZAS " 2013 Á 2020

quarta-feira, 11 de abril de 2018

Piscicultores do Piauí são capacitados pela Codevasf na área de gestão de negócios

A capacitação será realizada na Estação de Piscicultura da Universidade Federal do Piauí (UFPI) sob a coordenação do Escritório de Apoio Técnico da Codevasf em Parnaíba.

Estação de Piscicultura da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Campus Ministro Reis Velloso.
Dando continuidade às ações de capacitação de piscicultores do Piauí, a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) promove treinamento na área de gestão em Parnaíba (PI), litoral do estado. No dia 12 (quinta-feira), acontece o curso sobre “Organização administrativo-financeira de unidade de piscicultura”, na Estação de Piscicultura da Universidade Federal do Piauí (UFPI). A coordenação é do Escritório de Apoio Técnico da Codevasf em Parnaíba. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (86) 3322-4034.

O treinamento será das 8h30 às 12h30 e é voltado para piscicultores, profissionais da área, estudantes e demais interessados no assunto. O objetivo é proporcionar aos participantes informações sobre gestão das organizações sociais produtivas de piscicultura de forma a melhorar a organização dos recursos financeiros e sua destinação, bem como possibilitar melhor aproveitamento das pessoas e materiais envolvidos no processo produtivo.

“Os participantes conhecerão novos procedimentos teóricos e novas equações matemáticas desenvolvidas para o curso que representam a alocação do fator de produção capital envolvido no processo produtivo, bem como planilhas de acompanhamento desenvolvidos pela Companhia. Além de aprenderem como se organizar financeiramente durante a fase de transição na mudança de aumento de produção, que é uma da dificuldade enfrentada pelos produtores”, destaca Francisco Gomes, analista da Codevasf e ministrante do curso.

“Serão abordados aspectos da gestão administrativa, como eficácia na piscicultura, monitoramento de desempenho e planilha de acompanhamento; gestão do processo produtivo, com ênfase em planejamento produtivo, povoamento de alevinos e outros aspectos, além de gestão financeira, abordando destinação de receita, custo de produção, composição do custo de produção, dentre outros assuntos”, explica Rafson Varela dos Santos, chefe do Escritório de Apoio Técnico da Codevasf em Parnaíba.

A realização do treinamento segue o planejamento da empresa para atender às demandas das instituições parceiras e produtores da região. Ao longo do ano serão realizados pela Codevasf diversos minicursos, cursos e reuniões técnicas sobre pesca e aquicultura. No início deste mês, a empresa promoveu o curso “Arraçoamento – nutrição de peixes com boas práticas de manejo”, em Luís Correia (PI).

Apoio aos piscicultores
No Piauí, a piscicultura vem se destacando como uma importante atividade econômica, gerando emprego e renda. A Codevasf é uma das protagonistas no desenvolvimento de setor. A empresa apoia diretamente 236 famílias de pescadores e pescadoras, marisqueiras, catadores de caranguejo e piscicultores familiares, principalmente no Norte do estado, região com grande potencial na área. As ações são voltadas para a capacitação, gestão produtiva e econômica, comercialização, experimento de campo, entre outras.

“Esse apoio da Codevasf é fundamental para o desenvolvimento da atividade”, explica Ancelmo Silva Neto, engenheiro de pesca e piscicultor. Ele também presta consultoria a produtores de duas associações no município de Caxingó, no Norte do estado. “Como a maioria dos associados têm baixa renda, sem esse apoio da Codevasf não poderiam funcionar”, conclui. 

Juntas, a Associação de Piscicultores de Caxingó e a Associação dos Piscicultores de Cajazeira de Baixo, localidade no interior do município, produzem cerca de 25 toneladas de pescado por ano, entre tilápia e tambaqui. Os peixes são comercializados no mercado local. A atividade começou em 2014 com tanques-rede e tanques escavados. A Codevasf forneceu equipamentos, ração, apoio técnico e capacitação.